quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Diário de Viagem – Trancoso - 2016

Olá Meninas!
Já vou explicando, pra quem acha que estamos sumidas, se achegue na Fan Page Nossos Xodós, ou no instagram @nossosxodos e @xodosdanana , por lá aparecemos com mais frequência!
Vamos ao que interessa! Em janeiro desse ano Gui (meu noivo) e eu, fomos passar alguns dias em Trancoso-BA, gente, sério, que lugar é aquele? É LINDO DE VIVER, DE QUERER MORAR, OU DE PELO MENOS FICAR UM MÊS! (má oê)

A princípio escolhemos o destino despretensiosamente, sem muito saber o que nos aguardava, até então, só tínhamos viajado nas férias de verão para o Rio (Paraty e Arraial do Cabo), mas sendo bem sincera, não poderíamos ter feito escolha melhor! 
A intenção da postagem é transmitir para vocês todo meu encantamento pela cidade e também, dar algumas dicas e sugestões, então lá vai:
Pode parecer clichê, mas comprar as passagens e fazer reserva da pousada com antecedência é fundamental, desse jeito dá pra dar uma organizada nas finanças, escolher bons horários de voos e pegar umas promoções bacanas, por exemplo, apesar de não sermos muito fãs da Gol, acabamos optando pela companhia aérea, o que acabou sendo um bom negócio, pois conseguimos um bom desconto no aluguel do carro (já falo mais sobre isso!), aliás na época em que compramos as passagens somente a Gol e a Azul faziam voos para Porto Seguro, já no Voltando ao assunto do carro, alugue um! (a não ser que você vá pela CVC). Só assim você vai conseguir conhecer bem todas as belezas locais, já que as praias não ficam muito próximas umas as outras.
Ficamos hospedados na Pousada Ouro Sobre o Azul II, super indico de olhos fechados, amamos tudo, mega charmosa, aconchegante, familiar, café da manhã MARAVILHOSO! O dono, Maurício, é um amor em forma de pessoa! Ele e o Felipe também são os donos da Ouro Sobre o Azul I, que também é muito linda! Eles têm nota 9.8 no tri advisior, o que é bastante coisa, hein! Uma informação importante é que a pousada escolhida por nós não fica no Quadrado, mas a 2 min de carro, e uns 7 min a pé (contados no relógio!rsrsrs). Mas, se você está podendo ostentar $$$ no Quadrado tem várias opções de pousadas, beeem bacanas!






E por falar em Quadrado, pedaço do meu coração ficou por lá, que lugar incrível, lindo, histórico, preservado, com várias opções gastronômicas e várias boutiques (que eu só passei e olhei rsrsrsr), vista para o mar, música ao vivo, que paz...



 No Quadrado você encontra lojas, restaurantes, pousadas e casas de moradores.












 Mô e eu jantamos todas as noites por lá, e pra quem fala que lá é um lugar caríssimo, eu respondo: viver em Floripa também não tá fácil, comprando mesmo, só os Argentinos! Comemos no Vitória, na Pizzaria Maritaca, na Hanburgueria Bem Te Vi  e no (esqueci o nome). Rolou até sobremesa no UXUA! (rsrsrs) A faixa de preços, para os mais moderados, fica entre por casal fica entre R$ 70,00 e 150,00, refeição completa! Tá mal de grana? Tem padaria, tapioca, mercadinho! A meu ver o principal ponto de se viajar é conhecer novos lugares, o resto dá um jeito, amiga!


Agora vamos às praias! Nós conhecemos a Praia do Rio Verde, a Praia do Espelho, a Praia do Rio da Barra e a Praia dos Nativos. 
Na praia do Rio Verde passamos o dia na Pousada Aldeia e pagamos R$100,00 pela consumação, com estacionamento incluso. 


Na praia do Espelho ficamos os dois dias na Pousada do Baiano que é muito linda! Você paga R$ 100, 00 por pessoa a consumação, com estacionamento incluso. O lugar é incrível não resistimos ir somente um dia! Para chegar nessa praia você pega uma estrada de terra, leva uns 50 min até o destino final.



Na Praia do Rio da Barra pagamos o que consumimos de refeição, mais o estacionamento no valor de R$ 30,00, mas dica de amiga, para o Rio a Barra se eu voltasse, levava um isopor mesmo e ficaria mais próximo do rio.
 Falésias
 Rio, mangue, praia, tudo em em mesmo lugar! Incrível!

Também conhecemos a praia dos Nativos, não pagamos nada, porém não ficamos muito tempo, pois ainda queríamos ir em outros lugares.
.

No último dia ainda demos uma passadinha em Arraial d’Ajuda, também gostamos bastante!


Gente! Espero que tenham gostado e também espero que de certo modo ajude a quem está pretendendo ir pra lá! Amei tudo e só me arrependo de não ter ficado mais, fico aqui na esperança de em breve ter a oportunidade de voltar lá!
Depois mostro as comprinhas que fiz por lá!

Beijos, Nai‼‼
Verão, dia nublado, quente e úmido.

domingo, 25 de janeiro de 2015

Rio de Janeiro - Retornando

Quaaaaaanto tempo, amores! Ai, que vergonha! Mas, estamos de volta, não prometemos nada, mas estava com muitas saudades!!!! E, sem mais enrolação, vamos ao que interessa, as novidades...
Ao longo do ano passado o #boyfriend foi trabalhar no Rio de Janeiro e eu tive a oportunidade de conhecer um pouquinho da cidade maravilhosa em alguns finais de semanas que lá estive matando a saudade dele. Eu já havia ido para o Rio no início de 2014 quando fui para Paraty (aqui). Mas realmente só passei pela capital, de dentro do Transfer, mal consegui ver as areias de Copacabana.

Muito bem, vamos ao que interessa, ou melhor, vamos às andanças. 

No primeiro final de semana que passei por lá, fizemos uma caminhada pela orla de Copacabana,  Ipanema, Arpoador, Leblon e Lagoa Rodrigo de Freitas. Fiquei impressionada com a quantidade de pessoas fazendo exercícios ao longo do dia, mas não dá de dar bobeira, em 1h de caminhada presenciamos 2 tentativas de assaltos, e o que é mais  triste, realizado por crianças.




Das minhas impressões de "turismo expresso", posso dizer que, por mais que já tivesse visto a praia de Copa inúmeras vezes por fotos e imagens não tinha noção que a praia era tããão extensa e que a areia era tããão fofinha. Mas também que a Lagoa é tão, digamos assim, mal cheirosa. E que o Leblon era tão arborizado, o que conquistou meu coração. Agora falando em coração, vou abri-lo mais um pouquinho, para contar uma coisinha, não me agradei muito de Ipanema, não! Os milionários que me desculpem. #ahahha

Agora, meu queixo caiu com o Forte de Copacabana - Museu Histórico do Exército, não deixe de visitar, juro que vale muito a pena!!!! Se não me engano a entrada custa R$ 6,00,  a vista é maravilhosa, mágica! E se você estiver com alguns reais sobrando, pode se deliciar na Confeitaria Colombo que fica lá, mas pelo que vi, pra conseguir uma mesa tem que reservar com bastante antecedência. Por isso, só pudemos nos deliciar com os quitutes da Colombo que fica no centro da cidade, que aliás, é muito linda, parece um portal para o passado.




Sei que ultimamente tem sido divulgado a situação extremamente precária de alguns museus do Rio, mas gente, eu que sou moradora de Florianópolis,  cidade esta que deixa muito a desejar no que se refere à opções e acesso a cultura, fiquei deslumbrada com a visita ao Museu de Belas Artes e com a visita guiada ao Teatro Municipal, foi uma enxurrada de informações históricas e de curiosidades sobre o nosso país, além da possibilidade de apreciação de obras de artistas renomados do mundo inteiro.



Agora se você é como eu que veste a camisa de turista, você realmente precisa conhecer o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor. A vista de ambos é maravilhosa, mas tive mais sorte com a ida ao Pão de Açúcar. E se você quer um conselho de amiga de infância, não deixe jamais para comprar ingressos para o Cristo no local, compre ONLINE, você evitará muitos transtornos, pode ter certeza!




 Pois bem, agora vamos às #compritchax, que não foram muitas, não! Esse não era o foco, #hahaha e também não achei muita diferença de preços de lá pra cá, nos shoppings que visitei (Barra Shopping, Rio Sul, Botafogo Praia Shopping, Plaza e Shopping Leblon). Matei minha vontade de conhecer ao vivo a SEPHORA e a FOREVER 21, mas gostei bastante dos artigos #fastfooddecor da Leader. E parou por aí porque o Mô não quis me levar para o Saara, por nada! Ou seja não pude exercer toda minha vocação de garimpeira!

(fico devendo mais fotos, esqueci de tirar foto das roupas que comprei na forever21 e das capas de almofadas que comprei na Leader)

E se vocês ainda não estão #desmaiadas com esse meu looongo post, só deixa eu contar mais uma coisinha, também fui a Niterói de Barca e lá conheci o MAC. Amei!

Verão, noite quente!
Beijos, Nai.