segunda-feira, 20 de junho de 2011

Rendam-se as Rendas de Bilro

Não se sabe ao certo a verdadeira origem da renda de bilro. Há indícios que a aqui na ilha de Florianópolis a renda surgiu por influências dos imigrantes açorianos. Dentre as rendas mais conhecidas aqui citemos a Maria Morena e Tramoia, que são principalmente produzidas no norte, leste e sul da ilha.
Na família tenho um legítima rendeira, minha mãe que desde os 5 anos de idade produz esta linda arte, a qual eu não herdei a habilidade.
Como podem ver, nas imagens abaixo elas são usadas na decoração, em roupas e onde a imaginação mandar.
.









As fotos abaixo são daqui de casa e as rendas foram feitas pela minha mãe, a D. Elena.

No quarto da minha filha, a Nai


Na sala





Outono, dia com alternância entre chuva e sol.
Beijos Cris. 

7 comentários:

  1. Nossa meninas!tudo muito lindo,adorei,tenham uma noitew maravilhosa,bjkas....

    ResponderExcluir
  2. Olá meninas! Acho um trabalho primoroso, renda é um charme em qualquer lugar!
    bjs...

    ResponderExcluir
  3. Nossa eu amo estas rendas quando fui ao ceara fiquei encantada ... bjs

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Cris!
    Que trabalhos mais lindos e delicados. Eu acho que jamais conseguiria fazer renda de bilro. As que sua mae fez estao lindas.

    ResponderExcluir
  5. Olá, meninas!
    Estou impressionada: que rendas lindas! Sua mão fez trabalhos maravilhosos... e que perfeição. Amei! Parabéns pelo blog!

    Florianópolis, a bela! Saudades!
    Deixo meu carinho! Beijo

    ResponderExcluir
  6. Amigas, queridas! Obrigada por me visitarem. Para mim é tanta felicidade.

    Meninas, olha o erro aí em cima em meu comentário... Ai, que coisa! Eu quis dizer: Sua MÃE fez trabalhos maravilhosos. É ruim errar e nem exergar. Bom, o que vale é a intensão, não é?

    Tenham um bom domingo, e a gente se vê! Beijo

    ResponderExcluir
  7. Cris e Nai! Obrigada por me visitarem. Para mim é só felicidade.

    Meninas, olha o erro em meu comentário anterior, só agora que vi. Eu quis dizer: Sua MÃE fez trabalhos maravilhosos. Ai, que coisa. É ruim errar e nem exergar. Mas o que vale é a intensão, não é?

    Bom domingo! Beijinho!

    ResponderExcluir